A riqueza da culinária brasileira deve-se em grande parte à miscigenação do nosso povo, originalmente indígena, misturado com portugueses, africanos, outros europeus vindos de diversos países, em diferentes épocas, asiáticos, árabes… a comida brasileira é um espelho do que nós somos.

Somado às influências de outras culturas, o regionalismo do nosso país com dimensões continentais é um tempero a mais na nossa cozinha. A caldeirada de peixe é um prato que exemplifica muito bem esse caldeirão de sabores chamado Brasil.

Há quem diga que se trata de um prato trazido pelos portugueses para o Brasil. Outros remontam as suas origens aos pescadores de nossa costa que, depois de puxar a rede com a pescaria do dia, aproveitavam os pescados pequenos, outros que ficavam presos nas redes ou os de baixo valor comercial para alimentar a tripulação.

Para evitar o desperdício, os pescadores colocavam esse peixe em um caldeirão com água, sal e alguma gordura e estava feita a refeição. Com o passar do tempo, foram se adicionando outros ingredientes ao prato, como cebola, batata ou pimentão, e esse prato rústico foi se sofisticando e ganhando sabores característicos de cada região de nossa costa.

Os peixes também variam de região para região, no Norte é famosa a caldeirada de tambaqui, que é de água doce, no Sul a caldeirada é incrementada com moluscos e no Nordeste leva geralmente pescados e frutos do mar. Cada prato aproveita o que tem de mais abundante e o tempero característico de cada região.

O Restaurante Ravenala, localizado na Pousada Porto Mare, em Maresias, São Sebastião, Litoral Norte de São Paulo, tem a caldeirada como um dos pratos favoritos dos clientes em seu cardápio. Servida com pirão e farofa, a caldeirada da Porto Mare leva peixe, moluscos, frutos do mar e um tempero especial que a gente conta para vocês agora. Leia a receita e veja o preparo no nosso perfil do Instagram e Facebook.

Caldeirada do ravenala

Ingredientes da caldeirada

200 gramas de peixe (cação, badejo ou à escolha)

100 gramas de lula

100 gramas de marisco

100 gramas de camarão

1/2 pimentão verde pequeno

1/2 pimentão vermelho pequeno

1/2 pimentão amarelo pequeno

2 tomates maduros

1 cebola grande

1 colher de alho

Azeite de dendê

1 vidro de leite de coco

Ingredientes do pirão

Caldo da caldeirada

Farinha de mandioca crua.

Ingredientes da farofa

2 bananas cortadas em rodelas

1 colher de manteiga

Alho e cebola batida

Modo de preparo da caldeirada

Refogar 2 colheres de cebola cortada em lâmina com 1 colher de alho no azeite de dendê. Juntar meio pimentão de cada cor cortado em lâminas e refogar. Acrescentar os tomates maduros cortados em lâminas, o peixe e os frutos do mar e refogue tudo junto. Depois juntar o leite de coco e temperar com sal e pimenta do reino a gosto. Deixar cozinhar.

Modo de preparo pirão

Retirar um pouco do caldo da caldeirada e adicionar, aos poucos, farinha de mandioca até formar um creme.

Modo de preparo farofa

Refogar a cebola e o alho na manteiga, colocar as bananas e depois ir colocando a farinha devagar até cobrir as bananas. Por fim, acertar o sal e colocar salsa para servir. A receita serve de duas a três pessoas.

* Aprenda também a fazer nosso Bolo de tapioca  e leia mais sobre gastronomia em “Onde comer em Maresias: 5 principais restaurantes da região”

Translate »