No início de 2020 o mundo começou a viver uma nova era com a pandemia de covid-19. A crise sanitária provocou mudanças globais de comportamento e de hábitos de consumo e um dos setores mais afetados foi o do turismo. Atenta a essa nova ordem mundial, a Pousada Porto Mare fez um planejamento minucioso, investiu em treinamentos e em equipamentos e hoje está preparada para receber o turista com toda a segurança que o momento exige.

A pousada de Maresias é um dos estabelecimentos do município de São Sebastião, no litoral Norte de São Paulo, que conquistou o selo de biossegurança “Turismo Responsável” do Governo Federal, concedido a negócios que estão de acordo com as medidas adotadas no combate à pandemia de covid-19. Os protocolos envolvem ações de prevenção, educação, desinfecção e limpeza de todos os ambientes do estabelecimento.

Segurança da chegada à partida

A Porto Mare planejou cada passo do turista, do check-in ao checkout, e mapeou todos os pontos de contato entre a equipe do estabelecimento e os hóspedes. “Hoje conseguimos oferecer uma hospedagem plenamente segura, é um esforço conjunto que resulta na tranquilidade e confiança de nossos clientes”, explica Rodrigo Costa, proprietário do estabelecimento.

Além do uso de máscaras pela equipe e a disponibilização de frascos de álcool em gel por toda a pousada, o visitante é recebido com uma explicação dos protocolos de segurança para covid-19 e, em seguida, é feita a desinfecção de todas as bagagens trazidas.

Limpeza dos quartos e das áreas comuns

Para garantir a limpeza e total desinfecção dos quartos, a equipe da pousada adquiriu equipamentos para purificação e esterilização do ar, que também favorece o controle de mofo e umidade. Ainda foi definida uma quantidade máxima de pessoas que podem frequentar a piscina ao mesmo tempo. Nas áreas comuns, até as bolas de sinuca e o fliperama receberam protocolo especial de limpeza.

Segurança na área de alimentação

Nas dependências da pousada, o Restaurante Ravenala também foi adaptado para receber os turistas em segurança. O cardápio físico foi substituído pela versão digital, que pode ser acessada a partir de qualquer celular. Todas as mesas e cadeiras são limpas duas vezes, antes e após o uso. “Sabemos que o momento da alimentação é o de maior exposição dos clientes, pela necessidade de ficar sem a máscara”, diz Rodrigo. “Por isso, aumentamos o distanciamento entre as mesas, instalamos ventiladores e sempre mantemos as janelas.”

São Sebastião é exemplo

A cidade de São Sebastião é uma das cinco finalistas na categoria Turismo Responsável do Prêmio Internacional Passaporte Aberto 2020, que será entregue em setembro na cidade de Acapulco, no México. A premiação é realizada pela Organização Mundial de Jornalismo de Turismo.

O município também é o 5º de todo o Estado de São Paulo em número de estabelecimentos comerciais cadastrados para o selo de biossegurança “Turismo Responsável” do Governo Federal e ainda recebeu, em abril deste ano, o selo internacional Safe Travels, em reconhecimento à adoção de medidas e protocolos de biossegurança no combate à pandemia de covid-19. Este selo foi lançado pelo Conselho Mundial de Viagens e Turismo com o apoio da Organização Mundial de Turismo.

Acesse e leia também o nosso artigo “10 melhores praias de São Sebastião”.

Translate »